(54) 3273-1520

Avaliação

 

 A avaliação constitui-se num processo diagnóstico, contínuo e cumulativo a fim de possibilitar avanços no processo educativo.

É intrínseca ao próprio processo de construção do conhecimento, promovendo o desenvolvimento integral do ser humano, constituindo-os sujeitos, numa ação transformadora e cidadã.

A avaliação pressupõe a dialogicidade na totalidade dos sujeitos do processo, do contexto (realidade micro e macro) e dos saberes científico e popular.

 A avaliação para a Educação Infantil é feita através de observação sistemática evidenciando o desenvolvimento e expressão da criança nos aspectos sócio-afetivo, cognitivo e psicomotor. Ao final de cada trimestre, na Educação Infantil, é dado conhecimento aos pais ou responsáveis, através de um parecer descritivo, do desempenho do educando, evidenciando os avanços e reorganizando o processo.

Nas Séries Iniciais do Ensino Fundamental os resultados da avaliação do desempenho escolar são expressos através de parecer descritivo, evidenciando os avanços do educando.

   A partir da construção, reconstrução e ressignificação dos conhecimentos, no Ensino Fundamental – Séries Finais (5ª a 8ª série ou 6º ao 9º ano) e no Ensino Médio, os resultados da avaliação do desempenho do educando, são expressos em pontos, numa escala de 0 (zero) a 100 (cem). Os resultados da avaliação do primeiro trimestre têm por valor máximo 30 (trinta) pontos. Os do segundo trimestre 30 (trinta) pontos e os do terceiro trimestre 40 (quarenta) pontos, totalizando 100 (cem) pontos anuais. Para obter os resultados da avaliação do desempenho final, após o período letivo, somam-se os pontos obtidos pelo educando nos três trimestres. Considera-se aprovado o educando que, ao final do período letivo, obtenha aproveitamento igual ou superior a 60 (sessenta) pontos.

         No Curso de Educação Profissional de Nível Técnico o educando percorrerá as etapas com promoção, podendo retomar aspectos não assimilados na etapa anterior. As menções “Apto” e “Não Apto” expressam os resultados da avaliação. Considera-se “Apto” ao exercício profissional o educando que, tendo participado efetivamente do processo educativo, demonstrar, ao final do curso, estar apropriado das competências definidas no perfil do profissional de conclusão.

  Na Educação de Jovens e Adultos, a avaliação constitui-se um processo conjunto (educando e educador), onde os resultados do desempenho são expressos a partir de registros por parte do professor, ao final de cada totalidade, com parecer descritivo.

 

ESTUDOS DE RECUPERAÇÃO

A recuperação é intrínseca ao processo de ensino aprendizagem, sendo proporcionados estudos na medida em que as dificuldades forem sendo evidenciadas durante os trimestres, de modo que ao final do trimestre, os resultados alcançados revelem os avanços do educando.

 

 

ImprimirE-mail

MENU