(54) 3273-1520

História

1936 - 2016: 80 ANOS FAZENDO  HISTÓRIA

 

Criada em 27 de junho de 1936, com a denominação de Grupo Escolar de Nova Bassano, pelo decreto número 6.240. Iniciou seu funcionamento em 02 de março de 1937. Na época, Nova Bassano era o segundo distrito de Nova Prata, onde era prefeito Adolfo Schineider, sendo governador o General Flores da Cunha. A primeira diretora foi Avelina Finger Davi.

Pe. Colbachini

 

Avelina Finger Davi – 1ª Diretora

 

     

           Em 1959 passou a denominar-se Grupo Escolar Pe. Pedro Antônio Colbachini. O Colégio recebeu esta denominação patronímica, em homenagem ao primeiro padre a chegar em nossa terra, acompanhado pelos imigrantes italianos. Pe. Pedro Antônio Colbachini é também o patrono do Colégio.

            Em 1960 iniciou a funcionar o Jardim de Infância.

Prédio do antigo frigorífico, na época da Escola Agrícola, na década de 1960

 

A história do Colégio Colbachini, a partir da década de 60, se confunde com a história da Escola Agrícola, escola particular, criada em 1961 pelo Pe. Mario Bianchi. A Escola Agrícola, ao longo dos anos, foi sofrendo transformações, entre elas: Educandário São Carlos, Ginásio Agrícola Industrial, Ginásio Orientado para o Trabalho, Colégio João XXIII (1971 – formatura da primeira turma de Normalistas; 1972 – curso Integrado; 1974 - curso de Magistério e Contabilidade; 1975 - curso de Auxiliar de Adubação). Naquela época, o Grupo Escolar Pe. Pedro Antônio Colbachini, funcionava como Curso Primário de Aplicação da Escola Normal João XXIII.

Construção do prédio atual, também na década de 1960

 

Em 1975 iniciou o funcionamento da 6ª série, estendida nos anos subsequentes à 7ª e 8ª série, ao mesmo tempo em que foram cessando estas séries no curso ginasial do Colégio João XXIII, processo encerrado em 1977. No mesmo ano, com a reorganização do ensino no país, seu nome foi alterado para “Escola Estadual de 1º Grau Pe. Pedro Antônio Colbachini”. A partir de 1986,  houve também a passagem gradativa da escola particular à pública, e a cessação progressiva da Escola de 2º Grau João XXIII, que deixou de funcionar no ano de 1989. Neste momento, no  2º Grau, houve apenas a oferta do curso de Preparação para o Trabalho (ou Científico). A partir de 26 de março de 1987, a instituição foi transformada em “Escola Estadual de 1º e 2º Graus Pe. Pedro Antônio Colbachini”. A partir do ano de 1989 retomou-se a oferta do Curso de 2º Grau em Técnico em Contabilidade, interrompida no ano de 2000, pela nova reestruturação do ensino no país, passando a ser, a partir de então, Ensino Médio (nos 3 anos de estudo), com Curso Técnico em separado (em mais 1 ano de estudo). Neste ano, assim, mudou também a denominação da instituição, passando a ser “Colégio Estadual Pe. Colbachini”.

Turma de alunos do antigo Ginásio Vocacional, nos anos 60

           O Grupo Escola Pe. Pedro Antônio Colbachini funcionou inicialmente numa casa na Rua General Neto transferindo-se depois para outro prédio, de dois pisos, em frente à Igreja Matriz. Após, mudou-se para uma nova construção, também em madeira, na Rua Sílvio Seganfredo, próximo à Brigada Militar. No decorrer de sua trajetória, alguns anos depois, na década de 1970 passou a funcionar no prédio de material com 4 salas de aula localizado em frente à Prefeitura Municipal.

        Na década de 60-70 e 70-80, os espaços físicos da escola pública (prédio em frente à Prefeitura Municipal) e da escola particular- confessional (logo abaixo, onde hoje funciona o Colégio), foram alvo de permutas, até que o prédio atual foi adquirido pelo Estado, no ano de 1986.

        O atual prédio do Colégio foi construído em 1964 para abrigar a Escola Agrícola, e era formado por 3 alas. Possuía sala de aula, oficinas de costura, técnicas industriais (marcenaria), técnicas agrícolas, avicultura, laboratório de ciências, sala de mecanografia, culinária, biblioteca. Este prédio foi completamente reformado e ampliado em 1995, com a construção de uma nova ala, com mais 4 salas-de-aula, laboratório de ciências, laboratório de informática, biblioteca e auditório, e construção do seu ginásio de esportes. No ano 2001, novamente as instalações  foram ampliadas, com a construção de novo pavilhão, para abrigar  mais 4 salas de aula. No ano de 2009 o seu ginásio de esportes foi totalmente reformado, passando a oferecer melhores condições de aproveitamento deste importante espaço pedagógico.

Nova ala, inaugurada no ano de 2001

 

No ano 2000, o Colégio viveu novamente um momento único, com a concomitância de vários fatos: 1) implantação da nova estrutura de ensino, que passa a denominar Educação Infantil (para o Jardim de Infância), Ensino Fundamental (de 1ª e 8ª séries), Ensino Médio (para o 2º Grau) e Educação Profissional (para o Curso Profissionalizante), que passa a ser oferecido em separado, num 4º ano de estudo; 2) troca da denominação para Colégio Estadual Pe. Colbachini; 3) reorganização do Regimento Escolar juntamente com a participação na Constituinte Escolar. No ano de 2002 houve a implantação do novo regimento escolar e implantação de novas modalidades de ensino (EJA e Técnico em Administração). Em 2004 a escola organizou a sua 1ª Feira do Livro, com o Patrono Charles Kiefer, com o objetivo de construir  alunos leitores, com o escritor presente na sala de aula. Desde então a escola realiza a sua Feira do Livro, que é um marco para o Colégio e toda a comunidade, dado o envolvimento de todos na sua realização, desde a leitura dos livros, organização dos espaços e acolhida aos escritores. No mesmo ano de 2004, realizou o 1º Debate Político com os candidatos a prefeito de Nova Bassano, pois a escola é o espaço plural de construção de cidadania. Em 2006, na 3ª Feira do Livro, foi publicado o livro “Tesouro de Pano”, de Luís Dill, que se inspirou na Bandeira da Paz, construída pelos alunos, professores e funcionários, onde a história de cada um foi representada  por um retalho de tecido e costurada no coletivo do Colégio.  Em 2009 tivemos a visita da Secretária Estadual de Educação, na abertura do ano letivo, assim como a inauguração da reforma do ginásio de esportes, que foi uma conquista de toda a comunidade escolar. Em 2010 houve a inauguração de um segundo laboratório de informática educativa, com o sistema Linux e a implantação da Proposta Pedagógica construída a partir do Programa Estadual Lições do Rio Grande.

       O atual prédio do Colégio (Bloco 1) foi construído em 1964 para abrigar a Escola Agrícola, e era formado por 3 alas. Possuía sala de aula, oficinas de costura, técnicas industriais (marcenaria), técnicas agrícolas, avicultura, laboratório de ciências, sala de mecanografia, culinária, biblioteca. Este prédio foi completamente reformado e ampliado em 1995, com a construção de uma nova ala, com mais 4 salas-de-aula, laboratório de ciências, laboratório de informática, biblioteca e auditório, e construção do seu ginásio de esportes. No ano 2000, novamente as instalações foram ampliadas, com a construção de novo bloco (Bloco 2), para abrigar quatro novas salas, com recursos provenientes do orçamento participativo realizado no ano 1999. Estas salas foram inauguradas em 04 de abril de 2002, sendo utilizadas hoje para salas de aula, Laboratório de Informática II e Sala de Recursos Multifuncional. Após, em 14 de agosto de 2014, foi feita a inauguração de novo pavilhão, com três salas de aula (Bloco 3), ao lado do Parque Infantil. Neste ano de 2016 haverá a cobertura da Quadra Esportiva, obra sonhada há muito anos, e que será executada totalmente com recursos do CPM da escola, fruto da contribuição da comunidade escolar, o que é um orgulho para o Colbachini.

Entre tantas outras ações e projetos, isso mostra como, a cada ano, a escola não para de trabalhar no sentido de  “constituir um processo permanente de vida que leve à construção de sujeitos históricos, críticos, protagonistas de uma sociedade plural, solidária, ética e cidadã”, o que é a sua filosofia.

Livro Tesouro de Pano, de Luís Dill

             A História pertence aos homens com suas construções. O Colégio Estadual Pe. Cobachini faz parte da história de seu povo e de sua gente. 

ImprimirE-mail

MENU