(54) 3273-1520

Rádio Escola

O Projeto teve início em 2013, com a turma 111, na disciplina de Seminário Integrado. Consistiu na criação da Rádio Escola do Colbachini, utilizando o equipamento de som e as caixas de som espalhadas pelo pátio da escola, para a transmissão dos programas durante os intervalos das aulas, alguns dias por semana, ao longo do ano. O Projeto se desenvolveu ao longo do ano, com pesquisas no sobre o surgimento e a história do rádio, sobre as rádios escolas existentes no Brasil e no mundo, sobre o funcionamento do rádio e softwares para gravação dos programas. A seguir, foram feitos estudos sobre como deveria ser a estrutura dos Programas da Rádio: abertura, comentário inicial, músicas, entrevistas, assuntos variados, curiosidades. Além disso, no decorrer do projeto, foram realizadas pesquisas de opinião com os alunos da escola para saber quais os estilos musicais preferidos pelos alunos e obter o índice de aprovação da Rádio Escola do Colbachini na comunidade escolar. Em função da boa aceitação da Rádio Escola entre os alunos, a equipe diretiva adquiriu em 2014 novos equipamentos de som, para aprimorar as instalações e possibilitar melhores condições para o funcionamento da Rádio Escola, inclusive com a troca de local onde estão instalados os equipamentos. O projeto teve continuidade em 2014  e 2015 com o Grêmio Estudantil e este ano com outros grupos de alunos, sendo uma forma de animar o intervalo das aulas, além de transmitir informações e cultura.
 
 

ImprimirE-mail

Semana Farroupilha

Projeto desenvolvido há muitos anos, ao longo da semana em que se comemora o Dia do Gaúcho, quando acontecem atividades envolvendo os alunos nos três turnos de funcionamento da escola, com momentos cívicos, assim como apresentações artísticas, oficinas, atividades recreativas, de confraternização e de valorização das tradições, da cultura e da história do Rio Grande do Sul. A cada ano as atividades são programadas e realizadas a partir do contexto anual.
 
 
 
 
 
 

ImprimirE-mail

Miniempres

Projeto desenvolvido há cerca de 10 anos junto aos alunos da Educação Profissional – Curso Técnico em Administração – Área de Gestão e Negócios. Tem a duração aproximada de um semestre, no qual os alunos da terceira etapa do curso, acompanhados por profissionais voluntários, criam e administram uma miniempresa, produzindo e comercializando um produto. Entre os objetivos do projeto está o de mostrar na prática como funcionam as quatro principais áreas de uma empresa: Marketing, Finanças, Recursos Humanos e Produção, controlando os principais processos envolvidos no gerenciamento de uma empresa, como o fluxo de caixa, compra de matéria-prima, controle de estoque, vendas e produção.
 
 
 

ImprimirE-mail

Miniempresa

Projeto desenvolvido há cerca de 10 anos junto aos alunos da Educação Profissional – Curso Técnico em Administração – Área de Gestão e Negócios. Tem a duração aproximada de um semestre, no qual os alunos da terceira etapa do curso, acompanhados por profissionais voluntários, criam e administram uma miniempresa, produzindo e comercializando um produto. Entre os objetivos do projeto está o de mostrar na prática como funcionam as quatro principais áreas de uma empresa: Marketing, Finanças, Recursos Humanos e Produção, controlando os principais processos envolvidos no gerenciamento de uma empresa, como o fluxo de caixa, compra de matéria-prima, controle de estoque, vendas e produção.
 
 

ImprimirE-mail

ÁGUA +

 
Sistema de Captação e Reaproveitamento da Água da Chuva
 
A água é um recurso essencial para a sobrevivência de todos os seres vivos. Apesar de o nosso planeta ser a maior parte composto de água, estima-se que apenas 0,77% esteja disponível para o consumo humano em lagos, rios e reservatórios. Além disso, essa quantidade não está distribuída igualmente por todo o território, o que leva à existência de verdadeiros conflitos pela água. Enfrenta-se ainda o problema da poluição da água causada pelas atividades humanas, fazendo com que a água esteja disponível, porém não em condições para o consumo. Estima-se que 20% da população mundial não tenha acesso à água limpa e, segundo a UNICEF, cerca de 1400 crianças menores que cinco anos de idade morrem todos os dias em decorrência da falta de água potável, saneamento básico e higiene.
O Colégio Estadual Pe. Colbachini, além de trabalhar o tema de forma pedagógica com seus alunos dentro do currículo escolar, resolveu investir no assunto e transformar o conhecimento em atitude concreta, resultando na implantação de um sistema de captação e reaproveitamento da água da chuva. A ideia nasceu através de um grupo de alunos do Ensino Médio Integrado à Educação Profissional, no início do ano de 2014. O grupo elaborou este projeto de pesquisa dentro da proposta de Seminário Integrado, desenvolvendo estudos sobre o problema da água no planeta em geral e em Nova Bassano em particular, assim como possíveis formas de contribuir para a resolução do problema. Os alunos analisaram a possibilidade de implantação do sistema de captação da água da chuva na escola em que estudam, o que contribui também para a diminuição dos gastos com a água. O projeto foi apresentado no mês de junho de 2014 na 11ª MEP – Mostra da Educação Profissional, em São Leopoldo, onde ficou em 2º lugar na Área de Gestão e Negócios. Diante da viabilidade do projeto, e com recursos do Programa do Governo Federal “Ensino Médio Inovador”, a escola apoiou a implantação do sistema. Foram adquiridas duas caixas d’água de 15 mil litros cada e todo o material necessário para o encanamento que capta a água da chuva que vem das calhas do prédio escolar, e depois de coletada nos reservatórios, é conduzida para uso na lavanderia e nos banheiros da escola. O sistema possui ainda mecanismo de descarte da primeira água da chuva, pois esta traz a sujeira do telhado, assim como o uso de pastilhas de cloro dento das caixas, para o tratamento da água. A instalação do sistema iniciou ainda no período das férias escolares, com a ajuda dos alunos envolvidos no projeto, que são Eduardo Ravanello Dias Junior, Tiago Luigi Guadagnin Radin, Tobias Betin e Willian Defendi Minozzo. O custo da implantação foi de aproximadamente R$ 8.500,00, mas com a economia no consumo de água da CORSAN, acabará havendo diminuição dos gastos com água na escola, além de ajudar na resolução do problema da escassez de água potável, o que está se tornando um problema muito sério também em Nova Bassano, onde o nível dos lençóis freáticos vem diminuindo e suas águas encontram-se contaminadas. 
O uso racional da água e sua preservação são fundamentais para garantir qualidade de vida para a nossa geração e para as futuras. O Colégio Colbachini espera, com esse projeto, além de “fazer a sua parte”, poder irradiar o exemplo de como é possível e viável a implantação de sistemas de captação e reaproveitamento da água da chuva. É dever de cada um, assim como das mais diversas organizações e instituições públicas e privadas, fazer uso consciente da água.
 
 
 

ImprimirE-mail

MENU